Cazuza

Cazuza
Em Colinas Ma, a água é a do Cazuza Feitosa. Entregamos em domicílio!

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

POLÍCIA CIVIL NEUTRALIZA ESQUEMA CRIMINOSO DE CLONAGEM DE VEÍCULOS EM COLINAS

Foto divulgação/Veiculos apreendidos
Na manhã da última terça-feira (10), uma operação desenvolvida pela Polícia Civil do Maranhão, por meio da delegacia da cidade de Colinas, com apoio da Polícia Rodoviária Federal do município de Caxias, resultou na apreensão de 10 veículos clonados, todos frutos de um esquema milionário em vendas de veículos no interior do Maranhão.
Segundo o coordenador da operação batizada de “CANABRAVA”, o delegado Rildo Portela, os veículos são provenientes de uma quadrilha que atua em vários estados, porém tendo uma base na cidade de Imperatriz, de onde os veículos eram enviados para serem revendidos na cidade de Colinas, por um corretor identificado apenas por “Ferreirinha”, que se encontra foragido da justiça.
Ainda de acordo com as investigações, os veículos apreendidos avaliados em mais de 1 milhão de reais, devem ser periciados e posteriormente devolvidos aos seus legítimos donos. As investigações ainda apontam a possível participação de servidores públicos no esquema criminoso.
Por Anselmo Oliveira – Ascom SSP

Após protesto de alunos, prefeitura de Colinas instala ventiladores nas salas de aulas da escola Duque de Caxias.

Localizada no bairro do Fogoso, a escola Duque de Caxias pertencia ao estado, foi repassada para o município em 2014 e nunca sofreu uma reforma.
Ontem, alunos do sétimo ano do turno matutino, da escola Duque de Caxias, em Colinas, não aguentaram o calor que nessa época de falta de chuvas é grande, piorando ainda mais pelas queimadas ocorridas no municipio e fizeram um protesto inicialmente na sala de aula e após, na frente da escola, onde se organizaram para marcar um movimento para denunciar a péssima situação em que a escola se encontra, com falta de ventiladores e salas de aula em péssimo estado, inclusive com telhas quebradas, mas foram demovidos de tal idéia, com a promessa de instalação de novos ventiladores para hoje.
Local onde ficava um ventilador
Teto com telhas quebradas

Foi divulgado um vídeo no Facebook, onde mostra tanto a situação do desconforto com o calor, quanto a situação física da sala de aula. Fomos informados ainda, que na semana passada, uma aluna do setimo ano vespertino passou mal na sala de aula, tendo desmaiado e sido socorrida pelo SAMU.
Hoje, a prefeitura mandou instalar os ventiladores nas salas de aula.





terça-feira, 10 de outubro de 2017

611 presos terão saida temporária da penitenciaria para o Dia das Crianças!

Hoje, dia 10, a partir das nove horas começará a liberação dos presos da penitenciária de Pedrinhas.

Segundo a Lei de Execuções Penais nº 17.210/84, baseado nos artigos 122 e 123, o apenado que cumpre prisão em regime semi aberto, tem direito a passar os feriados junto a suas famílias em cinco oportunidades por ano, são elas; Pascoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia da Criança e no Natal.
Os beneficiados tem que cumprir algumas exigências constantes do Termo que assinam, tais como não viajar pra fora do estado, recolher-se a suas residências até as 20:00 horas, não ingerir bebidas alcoolicas, não portar armas e não frequentar bares ou festas.
A saida temporária é concedida pelo Juiz de Execuções Penais, ouvidos o Ministério Público e a administração penitenciária.

Muito emocionado, Flávio Dino inaugura o HTO-Hospital de Traumatologia e Ortopedia em São Luís.

Em seu discurso, o governador disse; "Poucas inaugurações me emocionaram tanto quanto essa, porque é fruto de luta"!

Sala de cirurgia - Foto: Handson Chagas - SES
Foi inaugurado nesta terça feira, dia 10, pelo governador Flávio Dino, o HTO-Hospital de Traumotologoa e Ortopedia em São Luís, no Jardim Eldorado. Trata-se de uma uma unidade hospitalar de alta complexidade, que vai elevar a quantidade de cirurgias que atualmente é de 80, para 400.
Com equipamentos de alta tecnologia e um corpo clínico de 45 médicos, o hospital oferecerá atendimento ambulatorial, marcação de consultas, análises clínicas e exames de imagem, além das cirurgias, para pacientes da capital e interior do estado.
No meio do discurso o governador desabafou:
- Foto: Handson Chagas - SES

“Não perdemos nunca a alegria de fazer o bem. Esse é o milagre desse governo, o milagre da multiplicação das oportunidades, da luta obstinada pela igualdade, de não ter medo de nada e nem de ninguém”...“Não importa quem foi poderoso ontem ou se esse alguém se acha dono da riqueza e do poder. Aqui não temos medo.”


segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Falta da presença do povão ofusca a festa de inauguração das praças, por Flávio Dino!

É costume, em Colinas, a participação popular com grande número de pessoas em eventos públicos de inauguração de obras, mas não foi isso o que ocorreu nesse último dia 7, na inauguração da reforma no valor de R$ 2.100.000,00 (Dois milhões e cem mil reais), das praças Dias Carneiro e Henrique Leite, pelo governador do estado.
Com o comparecimento de pouquíssimas pessoas ao evento, sendo inclusive a maioria de pessoas que faziam parte da comitiva e políticos de cidades circunvizinhas, o descerramento da placa e o discurso do governador foi abreviado, no qual falou que o governo tem muitas ações ainda para fazer na cidade e prometeu a construção do IEMA - Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, ao custo de R$ 13.000.000,00 (treze milhões de reais), mas não detalhou se esse valor seria só da construção ou já inclusos os equipamentos.
Uma manifestação dos professores da rede municipal de ensino, movimento que se arrasta desde o mês de Maio, que estava agendada para o mesmo horário da inauguração e que teve a sua divulgação largamente feita nas redes sociais, com grande numero de adesão de pais, alunos e simpatizantes, foi prejudicada parcialmente, porque uma das intenções era dar conhecimento público ao governo estadual, autoridades e imprensa, dos problemas enfrentados pelo professor colinense.
Um problema recorrente pelo qual ha muito tempo o povo de Colinas passa e a cada dia aumenta mais é o da água, que milagrosamente apareceu nas torneiras um dia antes da visita do governador, mas foi só ele sair da cidade que a água foi junto.
A deputada Nina Melo(PMDB), que estava nesse mesmo dia na cidade, ouviu reclamações sobre a CAEMA e se dirigiu à estação de tratamento para verificar "in loco" o problema. Fez um vídeo, o qual foi transmitido em sua rede social, onde mostra duas estações, sendo uma deteriorada, precisando de reparos urgentes e a outra feita no governo Roseana Sarney, onde foi duplicada a capacidade na época.

sábado, 7 de outubro de 2017

Hospital estadual que trata de aids e tuberculose sofre interdição do MP por má condições de higiene e estrutura..

O Hospital Presidente Vargas, localizado no bairro da Jordoa, na capital do estado, o qual é referência no tratamento das doenças infecto-contagiosas HIV e tuberculose pulmonar, sofrerá interdição apartir do dia 9 em parte de suas instalações, mais precisamente na cozinha e no centro de esterilização, onde foram encontradas várias irregularidades pela Vigilância Sanitária, em pedido de vistoria feito pelo Ministério Público, através da promotora de justiça Maria da Glória Mafra Silva.
Promotora Maria da Glória Mafra Silva

Na inspeção, que ocorreu no último dia 3, foram encontradas várias irregularidades na cozinha, tais como refrigeradores que acondicionam os alimentos sem condições de uso e enferrujados, ausencia de identificação dos produtos armazenados nos freezeres, panelas frigideiras e colheres em péssimo estado, goteiras sobre as panelas e higiene do local precária.

De acordo com a promotora, a empresa Mais Sabor é sub-contratada da EMSERH para o fornecimento de alimentação tanto para funcionários e pacientes o hospital, como também para os das UPAs do Araçagy, Vinhais e Vila Luizão.

O centro de esterilização do hospital tambem sofrerá interdição no próximo dia 9, em virtude do resultado de inspeção feita no mês de agosto, onde foi constatado dentre outros problemas que a estrutura física está inconforme com as normas, havendo cruzamento de material, onde lavagem e desinfecção são feitos na mesma área, paredes com reboco danificados, ficando inclusive exposta encanação hidráulica, 

BOM JARDIM - Prefeito é afastado do cargo a pedido do MPMA

Justiça decretou indisponibilidade dos bens do gestor, de sete vereadores e de secretário municipal.

Com base em Ação Civil Pública (ACP) por atos de improbidade administrativa, ajuizada pelo Ministério Público do Maranhão, a Justiça determinou, nesta sexta-feira, 6, o afastamento do prefeito do município de Bom Jardim, Francisco Alves de Araújo, do cargo.

A decisão determina, ainda, que a Câmara Municipal de Vereadores convoque sessão extraordinária e dê posse ao vice-prefeito, em 72 horas, no cargo de prefeito.

Formulou a ACP o promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira, titular da Comarca de Bom Jardim. A liminar foi assinada pelo juiz Raphael Leite Guedes.

Pela decisão, o atual gestor está impedido de movimentar as contas do Executivo municipal e os bens dele estão indisponíveis até o limite de R$ 1.435,468,65. O valor é resultado da soma de R$ 35.468,65, referente ao montante gasto com abastecimento de combustíveis, de forma irregular, e de aplicação de multa de 100 vezes o valor da remuneração (R$ 14 mil) do cargo de prefeito, totalizando R$ 1.400,000,00.

O bloqueio, no mesmo valor, alcança os bens do secretário de Administração, Ayrton Alves de Araújo, e de sete vereadores: Antônio Carlos Sousa dos Anjos – “Maninho”, Charles Viana da Silva - “Lebreu”, Manoel da Conceição Ferreira Filho - “Sinego”, Maria Sônia Brandão de Jesus, Antônio Barbosa de Almeida Filho - “Filho”, Clebson Almeida Bezerra – “Professor Clebson” e José de Ribamar Ferreira - “Dandor”.

ESQUEMA ILEGAL

De acordo com o MPMA, o desvio de recursos públicos ocorreu por meio de contrato de fornecimento de combustível, celebrado com o Posto Varão. O prefeito escolhia quem deveria ter acesso aos abastecimentos, por meio de cota aos vereadores da base aliada. O esquema era controlado pelo secretário de Administração, Ayrton Alves de Araújo, que também é irmão do gestor.

Ao avaliar as notas de abastecimento, a Promotoria de Justiça detectou que os vereadores da base aliada tinham livre acesso para abastecer seus veículos particulares, além do próprio prefeito e membros da família dele.

Em interceptação telefônica autorizada pela Justiça, o vereador Maninho demonstrou preocupação porque sabia da investigação sobre o esquema de abastecimento ilegal. Ele criticou o proprietário do posto de combustíveis por ter entregue ao Ministério Público as notas assinadas pelos vereadores.

A Promotoria de Justiça também colheu depoimentos de funcionários do posto de combustíveis que confirmaram o abastecimento dos carros particulares dos vereadores e parentes do prefeito.

Em outro depoimento, um servidor municipal, que também é primo do prefeito e tinha apenas a função de liberar veículos para abastecer, afirmou que as autorizações eram dadas por Ayrton Alves de Araújo.

Ao ser questionado, em depoimento ao MPMA, Ayrton confirmou que autorizou vários abastecimentos e apresentou uma relação de oito veículos que são de propriedade do Município de Bom Jardim, informando que apenas um está funcionando.

“Se somente há um veículo em condições de uso, como pode se ter um gasto mensal de R$ 50 a 70 mil de combustível por mês? A resposta é só uma: utilizando-se o patrimônio público para beneficiar os membros da família do prefeito e demais aliados políticos”, afirmou, na ACP, o promotor de justiça Fábio Oliveira.

PEDIDOS

Ao final da ACP, o Ministério Público pede que os acusados sejam condenados pelos atos de improbidade administrativa, com a obrigação do ressarcimento integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil, proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais.

Redação: Johelton Gomes (CCOM-MPMA)

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Amanhã governador Flávio Dino inaugura reforma de praças em Colinas

Foto:Luis Carlos Rodrigues
Amanhã, dia 7 de outubro, o governador Flávio Dino, juntamente com seu vice, Carlos Brandão, o secretário de estado Marcio Jerry e comitiva, além de vários políticos e correligionários de cidades circunvizinhas estarão na cidade de Colinas para inauguração de obra, da reforma das praças Henrique Leite e Dias Carneiro.
Operários dão os últimos retoques para a entrega da obra:
Foto:Luis Carlos Rodrigues
Foto:Luis Carlos Rodrigues
Foto: Luis Carlos Rodrigues

Péssima Iluminação Pública em Colinas e aumento da "contribuição" motiva reclamação de cidadã através de audio na internet.


Colinense revoltada gravou um audio e distribuiu pela internet reclamando da falta de energia em sua rua, o que lhe rendeu até um acidente e do aumento da contribuição aprovada pela Câmara de Vereadores.


Abaixo transcrevemos todo o audio, pela impossibilidade de coloca-lo na matéria nesse momento. Lá são citados um vereador e uma vereadora, que por enquanto preferimos ocultar.

Mar ...(vereador), cadê ar lampada que você disse que vinham ajeitar
Os ajeito que vocês deram foi um aumento
Tá o seu nome o da...(vereadora)  e o seu bem em cima
Sabendo como é que tá a crise em Colina
Vocês tão igual o Tema lá no, no em cima
Agente né assim não, quando a gente ta ganhando o dinheiro da gente, a gente pensa nos pobre também, que os pobre não pode pagar toda taxa de energia que vem não
E toda coisa que vem não, óia, cadê o amor que vocês tem o povo
Cadê as palavra bunita que vocês diz em cima de um palanque meu irmão
Não faz uma coisa dessa não, eu, com fé em Jesus Cristo
Nem se eu pudesse e tivesse condição, eu num queria ser um politico
Pra mim tá mintindo em cima dos palanque, pra mim ganhar voto 
Depois tá com minha cara baixa, sem querer falar com ninguém, mudar da cidade pro interior
Meu irmão isso é demais meu irmão, não minta não
Não faça essas falsidade com o povo não meu irmão
Deus tá no céu, vocês tão mentindo é pra Deus
Vocês tão mentindo é pra Deus não é pro povo do mundo
Não é pra nós, é pra vocês mermo que vocês tão mentindo
E muito obrigado pelar lâmpada que você veio botar
Pelo meu pé que eu trucí ontem a noite, descendo aqui aquela ladeira, chega eu voltei
Porque eu não pude ir pra lugar nenhum, muito obrigado
E não precisava vocês ter esse aumento só por que eu cobrei essar duas lâmpadas não
Que eu sei que tem com certeza que nois vamo pagar essa, essa energia cara
Né de hoje, né só aqui em Colina não
É em todo canto pruque esse Brasil é horrive
Só precisa é dos pobre e eu vou rasgar é meu títu
Só precisa dos pobre, quando quer um voto e mar nada
E tchau e muito obrigado pela acão que vocês fizeram...

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

“Governo quer empréstimo de R$ 100 milhões para aumentar a cobrança de impostos no MA”, diz Braide

O deputado Eduardo Braide usou a tribuna, nesta quinta-feira (5), para cobrar explicações do Governo do Estado acerca do novo pedido de empréstimo feito pelo Governo do Estado, no valor de US$ 35 milhões de dólares, mais de R$ 100 milhões.
“Esse é o presente do governador no Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. Está aqui na própria mensagem dele: ‘O objetivo da presente proposta é a obtenção de recursos para implantação do projeto de modernização da gestão fiscal do Estado do Maranhão - PROFISCO II’. Isso aqui tem nome: aumentar o arrocho em relação aos empresários maranhenses. O Governo não está satisfeito com dois aumentos de ICMS, com as multas que são aplicadas diariamente às empresas maranhenses, aos pequenos comerciantes que lutam para sobreviver?”, questionou o deputado.
Eduardo Braide também criticou a falta de informações sobre o novo empréstimo pedido pelo Governo do Estado. “O mais grave de tudo, é que o governador mais uma vez - assim como já fez em outro exemplo aqui quando solicitou um empréstimo - não diz absolutamente nada sobre os termos que ele quer que esta Casa aprove. Só diz o seguinte: ‘os encargos financeiros e o prazo de amortização do empréstimo e o período de carência serão estabelecidos no contrato de empréstimo externo, firmado entre o Governo do Estado e o Banco Interamericano de Desenvolvimento’ ”, informou o parlamentar.  
O deputado finalizou seu pronunciamento, anunciando que apresentará um requerimento formalizando o pedido de informações sobre o novo pedido de empréstimo feito pelo Governo do Estado. “Apresentarei um Requerimento para que o Secretário competente venha prestar os esclarecimentos a esta Casa, do que se trata o PROFISCO II. Como serão gastos esses R$ 100 milhões? Qual será a taxa de juros que o Governo vai negociar? Quando começará o pagamento? Era o mínimo que o governador deveria ter encaminhado a esta Casa com essa nova mensagem. O Governo teria muitas outras questões importantes para solicitar empréstimos, a exemplo da saúde, principal área que o maranhense está sofrendo”, concluiu.

Assecom/ Dep. Eduardo Braide